BLOG

Meios para encontrar parceiros de negócio – M&A

Publicado: fevereiro, 2018

É muito comum empresas chegarem a um ponto onde não conseguem mais crescer e acabam não conseguindo suportar a demanda do mercado. Elas sempre estão à procurando aumentar seus lucros, ter mais espaço do mercado e uma maior eficiência, assim como, reduzir seus custos e otimizar recursos. Mas como realizar tudo isso com a empresa estagnada, que não consegue crescer? Uma possível solução é através do “M&A” (Mergers and Aquisitions).

A sigla vem do inglês e significa “Fusões e Aquisições”. A operação de aquisição, basicamente, é quando uma empresa maior compra uma empresa menor e seus gestores tomam as rédeas da operação; enquanto que as fusões têm caráter mais estratégico, onde visam a redução de custos e otimização de recursos.

A operação de M&A é composta por varias etapas. Primeiramente, é realizado o valuation da empresa. Logo em seguida é feito um teaser da mesma e também um acordo de confidencialidade, assim pode-se expor as informações da empresa para os potencias alvos/investidores.

O processo de abordagem e negociação com os investidores vêm em seguida. Após a formalização da proposta, a próxima etapa é “Due Dilligence”, que é a investigação da oportunidade de negócio, onde serão avaliados os riscos da transação e possíveis contingências. Por final, depois de todas as etapas anteriores concluídas, vem a formalização do contrato e assinatura.

Em 2017, no Brasil, foram registradas em torno de 643 transações de fusão e aquisição de empresas, um aumento de 8% com relação ao ano de 2016, segundo relatório da PwC. Investidores tem cada vez mais confiança em investimentos de longo prazo e devido a isso, tendem a investir cada vez mais, servindo de grande oportunidade para empresas que precisam encontrar novos parceiros de negócio.

Autor: Tomaz Vieira Neto